Should

I Stay or Should I Go, o dilema da transição de carreira

maio 16, 2018 | Shaíze Roth
Should I Stay or Should I Go, o dilema da transição de carreira
Faz algum tempo que quero escrever sobre isso. E não, esse não é um texto sobre o The Clash... e sim sobre um grande dilema que surge na vida de todos nós em algum momento da vida: Devo ficar? ou Devo ir?
Chega um momento em nossas carreiras que surgem novas expectativas em relação ao quanto estamos nos desenvolvendo se ficarmos, se há perspectiva de crescimento e quanto tempo isso vai levar, se estamos fazendo algo que realmente gostamos. Começamos a ficar inquietos com esses pensamentos que geram questionamentos positivos e produtivos, afinal não devemos estagnar. A questão é, quando eu sei que é o momento de buscar uma nova oportunidade? Aqui vão algumas dicas para começarmos o nosso exercício de reflexão sobre isso:
O que é importante nesse momento para você? Você precisa avaliar nesse momento de vida o que é mais importante para você. Alguns exemplos: "Nesse momento estabilidade financeira é algo importante, mais importante que crescimento", "Nesse momento sentir que estou evoluindo e estou crescendo é mais importante do que segurança".Quando compreendemos isso fica mais fácil de seguirmos para o próximo passo:
A empresa que estou hoje me proporciona o que eu desejo? Existem três respostas por essa pergunta que são importantes de ser avaliadas:
  • Sim, estou feliz com o que a empresa me proporciona hoje - Aqui você pode pensar no que pode ser interessante como próximos passos, perguntas como: "5 anos onde e como gostaria de estar?, Existe essa possibilidade dentro da empresa em que esta hoje? Do que precisa para chegar lá? Quem pode ajudar?"
  • Não está claro para mim - O caminho é conversar com a gestão sobre novas possibilidades. Agende uma reunião, busque um feedback de como o seu gestor vem avaliando seu trabalho e quais são as perspectivas dentro da organização visando o que você busca nesse momento. Se você não tem esse tipo de abertura com a sua gestão, procure a área de RH e conheça mais sobre as opções de recolocação.
  • Não, não há perspectivas ou oportunidades de crescimento, sinto que é o momento de buscar outras opções - É hora de começar a pensar na sua transição de carreira. É importante, no entanto, compreender qual é o cenário ideal dentro de "outras opções", aqui algumas perguntas para ajudar você: "O que você gostaria que fosse diferente? Você gosta da sua área de atuação ou gostaria de fazer uma mudança - o que especificamente? Quais são suas competências técnicas e comportamentais? O que é importante em um ambiente de trabalho? Que locais possibilitam isso? Empreender é uma opção?"
Converse com pessoas que já passaram pelo seu momento: Uma das coisas mais bacanas da transição de carreira é podermos trocar experiências com quem já passou por uma situação parecida - busque amigos, conhecidos e também profissionais que você admira. Busque conhecer mais da experiência e da vivência dessas pessoas: Como é o dia-a-dia? Quais são os principais desafios? Como chegaram onde chegaram e o que foi importante?
Busque informações sobre a área, cargo, empresa em que você gostaria de atuar: Idealizar pode ser arriscado, assim como deixar de fazer algo por medo ou incerteza - o velho desafio da zona de conforto. Pesquise sobre, é valido também pesquisar sobre o que o mercado está buscando na sua área ou na área em que gostaria de atuar.
Construa um planejamento: A transição de carreira pode ser feita de forma sutil e planejada. As dicas anteriores ajudarão você a compreender caminhos que são importantes buscar e percorrer. Uma ferramenta básica que pode ajudar você é o 5W2H (O que? Por que? Quando? Onde? Como? Quanto Investe?). Além disso, invista em processos que possam dar suporte para esse momento de escolha e planejamento para alcançar mais rapidamente seus objetivos.
O mais importante: A sua decisão de Ficar ou Ir, deve estar pautada no seu propósito - a Mandala Ikigai pode ajudar você nessa construção:
Em 15 anos, se você olhasse uma retrospectiva da sua vida faria você se sentir orgulhoso e realizado?
Shaíze Maldonado Roth - Psicóloga, Empreendedora e Coach - shaize@soucoachingeconsultoria.com Empreendedora, psicóloga e coach com duas grandes paixões, empreendedorismo e desenvolvimento humano. Bacharel em Psicologia pelo Centro Universitário FSG, Master Coach e Mentora pelo Instituto Holos, Personal, Professional e Leader Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós graduanda no MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores pela FGV. Atua com coaching, desenvolvimento de equipes, lideranças e empreendedores.