Desenvolver

sua Inteligência Emocional vai ajudar a melhorar a sua performance

maio 02, 2018 | Shaíze Roth
Desenvolver sua Inteligência Emocional vai ajudar a melhorar a sua performance
Uma pesquisa conduzida pela Harvard Universitu, Carnegie Foundation e Stanford Reaserch Center concluiram que 85% do sucesso profissional está relacionado ao desenvolvimento deSoft e People Skills e apenas 15% vem de habilidades técnicas e conhecimento (hard skills).
Segundo Goleman, as soft and people skills são habilidades como resiliência, empatia, influência, gestão de conflitos e comunicação são todas competências baseadas na inteligência emocional e que distinguem profissionais incríveis da média. Outras competências relacionadas como a capacidade de negociar, de ter empatia, cooperar e liderar são fundamentais para o obter sucesso conforme David Deming, professor da Harvard University.
O desafio é mudarmos o foco de pensarmos apenas em desenvolvermos habilidades técnicas para focar no desenvolvimento de habilidades voltadas para o comportamento e relacionamento humano. Diante do cenário onde precisamos estar constantemente inovando, onde as relações de consumo mudaram, a relação que temos com o trabalho formal está mudando, precisamos estar atentos para desenvolver essas competências. A Inteligência Emocional é uma forma de começarmos a trabalhar com essas competências. Aqui vão algumas dicas de como começar a desenvolvê-las:
  1. CONSCIENTIZE-SE SOBRE SUAS COMPETÊNCIAS, COMPORTAMENTOS E EMOÇÕES - Invista em autoconhecimento, busque compreender mais sobre que tipo de situações mexem com as suas emoções, quais comportamentos você tem que são despertados por elas e que por vezes podem são improdutivos. Questões como essa impactam diretamente na produtividade, no relacionamento com colegas, colaboradores e também clientes.Quanto antes compreendermos isso, fica mais fácil agir para buscar resultados diferentes.
  2. GERENCIE SUAS EMOÇÕES E COMPORTAMENTOS - Quando tornamos consciente os desafios da primeira etapa, fica mais fácil conhecermos os gatilhos, o que incentiva que esse tipo de comportamento aconteça, e criarmos estratégias para lidar com eles produtivamente. Exemplo, há alguns anos acompanhei um gestor que acabava sendo agressivo e incisivo nas cobranças, descobrimos que o que despertava emoções como raiva, era a intenção de fazer acontecer. No entanto, tendo esse comportamento não estávamos alcançando os resultados propostos. Naquele momento, precisávamos compreender por que as solicitações e expectativas não estavam sendo atendidas e ajudar a equipe na busca pela solução, cada vez que aquele tipo de comportamento aparecia estávamos cada vez mais distantes de atingir melhores resultados.
  3. MOTIVE-SE E AJUDE AS OUTRAS PESSOAS A DESCOBRIREM SUAS MOTIVAÇÕES - Conhecer o que é importante para você, quais são os valores que o movem, ter expectativas e metas claras podem ajudar você a chegar mais rápido no seu objetivo. Ter esses pontos claros pode facilitar a sua comunicação de expectativas e capacidade de engajar as outras pessoas. Outro ponto importante é que não motivamos ninguém, a motivação é algo interno que depende de cada um, por isso, podemos ajudarmos as pessoas a descobrir que pontos são importantes para que se sintam motivadas, isso pode ajudar você a engajá-las nos objetivos - estimulando o protagonismo.
  4. EMPATIA MOVE O MUNDO - Compreender as necessidades e expectativas e assumir a perspectiva dos clientes, da gestão, da equipe ajuda a tomar melhores decisões e melhorar significativamente os relacionamentos. Isso parte da simples receita de ouvir mais e falar menos.
  5. EXPLORE AS HABILIDADES SOCIAIS PARA CONSEGUIR MELHORES RESULTADOS - Influência, liderança, negociação, comunicação assertiva e resolução de conflitos exigem que você tenha autoconsciência. gerencie bem suas emoções e comportamentos e tenham empatia para que você possa ajudar e fazer o mesmo pelas outras pessoas. Para isso é essencial que você construa relações de confiança, integridade e justiça com as pessoas. Invista em melhorar a sua comunicação, hoje 90% dos problemas organizacionais estão relacionados a falhas de comunicação - assuma a responsabilidade, busque esclarecer quando há dúvidas, confirme entendimentos. Quando atendemos a esses pontos, temos muito mais do que pessoas junto com a gente, temos aliados. Isso é essencial para que possamos elevar a performance, tanto individual como do time. As pessoas devem ser inspiradas pelo exemplo e pela visão - pelos porquês - do que buscamos e qual é o sentido disso para se engajarem no objetivo, e é nosso papel transmitir isso a elas. Precisamos estimular a construção da visão de que resolver conflitos é essencial para que possamos trabalhar ainda melhor juntos. E, mais importante, compreender que negociações são mais do que apenas vencer, e que as vezes é preciso fazer concessões com o intuito de melhorar ainda mais o relacionamento.
Se você quer saber mais sobre Inteligência Emocional, confira a nossa série sobre o tema no nosso canal do Youtube: Somossou.
Shaíze Maldonado Roth - Psicóloga, Empreendedora e Coach - shaize@soucoachingeconsultoria.com Empreendedora, psicóloga e coach com duas grandes paixões, empreendedorismo e desenvolvimento humano. Bacharel em Psicologia pelo Centro Universitário FSG, Master Coach e Mentora pelo Instituto Holos, Personal, Professional e Leader Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós graduanda no MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores pela FGV. Atua com coaching, desenvolvimento de equipes, lideranças e empreendedores.

Originalmente publicado em: https://www.linkedin.com/pulse/desenvolver-sua-intelig%C3%AAncia-emocional-vai-ajudar-maldonado-roth/