Como lidar com as minhas emoções no trabalho?

junho 10, 2020 | Será que sabemos como gerenciar nossos sentimentos para que eles não nos causem problemas futuros e consigamos manter uma rotina saudável, tanto na vida pessoal, quanto no trabalho?
Como lidar com as minhas emoções no trabalho?
Estamos vivendo um misto de emoções. Alguns em um novo contexto de trabalho o home office, passam a dividir seus papéis entre funcionário, pai, mãe, irmão, onde a produtividade fica prejudicada; outros já de volta ao local de trabalho com equipe reduzida e muitas mudanças. É inevitável não sentirmos ansiedade, tristeza, medo, insegurança - vivemos um novo momento, um momento onde tudo isso faz parte do nosso dia-a-dia. Sabemos que quando uma pessoa está com um nível elevado de estresse é mais difícil manter a produtividade, a criatividade e trabalhar junto com outras pessoas eficientemente. Para lidarmos com tudo isso de forma mais positiva, listamos algumas dicas que podem ajudar você nessa jornada. 

RECONHEÇA SUAS EMOÇÕES
O primeiro passo para lidarmos assertivamente com as nossas emoções é perceber o que estamos sentido, entender o que está por trás dele, porque estamos sentindo isso. Não fugir e sim acolher para podermos entender qual é a melhor forma de lidar com ele.
 
IDENTIFICAR PENSAMENTOS E DIÁLOGO INTERNO
Um dos nossos principais gatilhos emocionais são as nossas interpretações e pensamentos por trás dos acontecimentos. Ás vezes, criamos pensamentos catastróficos a respeito dos acontecimentos como: “meu deus, eu errei nesse projeto, vou perder o emprego”, ou ainda “aquela pessoa não me cumprimenta, ela não gosta de mim”. Isso tudo provoca gatilhos emocionais fazendo com que, muitas vezes, distorçamos as situações e acentuemos muito as emoções. Para isso é importante reforçar o questionamento interno: O que eu penso sobre isso é real? Qual é a evidência que tenho disso? Qual é o pior que pode acontecer? Como posso lidar com isso de forma assertiva?. Estudos em psicologia positiva apontam que ao realizar esse exercício saímos do pensamento pessimista e a longo prazo isso pode reduzir riscos de depressão, e indices de ansiedade.
Outra dica importante aqui é entender quais são as batalhas que você está escolhendo, lembrando sempre que nem tudo que acontece podemos controlar, mas podemos controlar como lidamos com isso.
 
EMPATIA
Para evitar conflitos e realmente estabelecer conexões profundas com as pessoas no nosso trabalho, precisamos olhar para o outro com empatia. Entender que talvez essa pessoa esteja passando por desafios muito diferentes dos nossos e que é importante ouvir, entender e se colocar a disposição para dar suporte. Lembre que conversas empáticas não tem como objetivo fazer com que o outro pense a partir do seu ponto de vista. Podemos pensar diferente, mas devemos respeitar o ponto de vista de cada um.
 
CUIDADO COM O CONTÁGIO EMOCIONAL
Alguns estudos da Universidade do Arizona mostraram que 8 em cada 10 pessoas que não estão contentes no trabalho, simulam satisfação diante de seus colegas, e isso é extremamente desgastante e inapropriado. Algumas pessoas são pessimistas de carteirinha, sabemos que o contágio emocional é algo que influencia muito os ambientes organizacionais. Por isso, proteja-se, evite conversas muito longas com pessoas que só veem o lado negativo da situação. Se você consegue conversar e a pessoa só traz o lado negativo das situações questione ela: "Isso é difícil mesmo, mas você já pensou no que você aprendeu com tudo isso? Você já parou para pensar o quanto isso pode ser positivo?”
 
Quer desenvolver mais recursos para lidar assertivamente com as suas emoções? Saiba mais como funciona o Coaching da Sou.
 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Ao se inscrever em nossa newsletter você receberá um material exclusivo sobre Coaching!