Cansaço

de final de ano: sinais e jeitos de amenizar

dezembro 20, 2019 | Shaíze Roth
Cansaço de final de ano: sinais e jeitos de amenizar
Há quem diga que 365 dias é o tempo exato para qualquer pessoa entregar os pontos. E realmente, com o final de ano chegando, é normal também chegar o cansaço e a necessidade de recarregar as energias para o ano que está iniciando.

Mas isso você já sabe, certo? Ano após ano, o dilema é o mesmo: como amenizar o cansaço dessa época sem afetar você, as pessoas que você convive e o seu rendimento no trabalho? Não é fácil, mas eu tenho algumas dicas que podem ajudar a melhorar essa perspectiva. Vem que eu mostro.

Sinais do cansaço de final de ano
Para começar a entender o problema, listei alguns sintomas que você pode estar vivendo e que tem tudo a ver com esse cansaço típico de final de ano. São eles:

Esgotamento físico e mental: fim de ano, inúmeras tarefas, demandas urgentes... Tudo isso pode auxiliar no esgotamento do corpo e da mente. Se esse esgotamento persistir, é sinal de que o corpo está precisando descansar.

Problemas com o sono: preocupação demais pode fazer com que você acabe passando várias noites de sono em claro ou dormindo demais. Ambas as situações são sintomas do esgotamento e do cansaço de final de ano.

Má alimentação: caso perceba alguma alteração no apetite, também pode ser sinal de que o corpo está pedindo um descanso. Geralmente, isso acarreta o aumento do consumo de alimentos não tão saudáveis, como sal, açúcar, ultraprocessados etc.

Queda de produtividade: não adianta, o rendimento do seu trabalho é proporcional à sua produtividade. Um colaborador cansado tende a entregar menos, uma vez que o cansaço mental auxilia na perda de foco, afetando, até mesmo, a sua criatividade.

Desânimo: muitas vezes, ele chega de fininho, e quando nos damos conta, já está conosco, trabalhando lado a lado. O desânimo faz com que você perca a vontade não só de trabalhar, mas também de realizar coisas fora da empresa, como sair com amigos, ir ao um bar e até mesmo fazer uma viagem de final de ano.

Se você se reconheceu em alguns desses tópicos, calma: por mais que sejam negativos, tais sintomas são muito comuns e podem ser contornados. Basta saber lidar com eles e sobreviver ao cansaço de final de ano da melhor forma possível.

Começando o ano com mais energia
O cansaço vem, mas ele é natural, e pode ser amenizado com algumas atitudes bem fáceis de serem realizadas. Mesmo com a correria do final de ano, é possível dar uma pausa no seu dia para cuidar do corpo e da mente, fazendo com que a transição de um ano para o outro seja muito mais leve. Abaixo, separei algumas dicas de como fazer isso. Confira!

Não se cobre tanto
Isso não significa que você deve deixar o esforço e o engajamento de lado porque o ano está acabando, mas é importante pegar leve com você mesmo e descobrir seus próprios limites. Mais vale você com a cabeça boa para terminar o ano com chave de ouro do que deixar o cansaço atrapalhar a sua produtividade.

Cuide da saúde e da alimentação
Mais do que nunca, é hora de comer bem, fazer exercícios, meditar... Tudo aquilo que ajuda seu corpo e sua mente a ficarem mais tranquilos e ativos. Esse autocuidado com certeza vai ter um resultado positivo na sua vitalidade e influenciar diretamente as suas entregas de final de ano. Não tem cansaço que vença um corpo saudável!

Organize-se
Essa dica não vale só para o final de ano, mas para todos os outros anos de trabalho. Porém, se você anda com dificuldade de se organizar, o momento é agora: planeje tudo o que você precisa fazer até o final do ano e trace um plano de ação para cumprir todos os seus objetivos. Assim, você foca na entrega de resultados e deixa o cansaço de lado. Lembre-se de sempre tirar uns minutos para aliviar a cabeça entre as atividades, isso faz toda a diferença!

Espero que este texto possa ajudar você a identificar os sinais de cansaços e ter um final de ano mais leve a partir destas dicas. Para entender mais sobre como a gente trabalha aqui na Sou, venha conhecer nosso site. Quem sabe não trabalhamos juntos em 2020?